Ambientalista, político, jornalista e escritor, Alfredo Sirkis morreu por volta das 13h50 desta sexta-feira (10), em um acidente de carro no Arco Metropolitano (BR-493), na Baixada Fluminense.

Sirkis foi pioneiro na defesa da ecologia, um defensor intransigente da democracia, um companheiro leal na defesa dos povos da floresta, principalmente através do Chico Mendes. Nos últimos 10 anos, se dedicou de corpo e alma à questão das mudanças climáticas, buscando alternativas sustentáveis para essa crise ambiental global.

Trechos da matéria original publicada pelo G1, disponível aqui .

#

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *