Criada em 2006, a Kamuri é uma associação sem fins lucrativos que tem como objeto ações ambientais, culturais e educacionais. Atualmente seu foco central é a educação escolar indígena bem como a formação de professores índios e de minorias.

A Kamuri tem como marca de sua identidade a atuação direta em Terras Indígenas por meio de projetos elaborados a partir de demandas locais, visando contribuir para que os povos indígenas e indigenistas façam garantir os direitos constitucionais, culturais e sociais dos povos indígenas.

Dentro do nosso leque de atuação, também trabalhamos com projetos ambientais, de desenvolvimento social e econômico, além de projetos de cunho artístico voltados à educação, promoção do respeito e valorização da diversidade e defesa das minorias.

 

 

Wilmar da Rocha D'Angelis
Co-fundador

Indigenista, educador, linguista. Acha o mundo é inimaginável sem florestas preservadas, sem povos indígenas, sem crianças ou sem música. Lamenta que nosso país, riquíssimo em todos esses quesitos, trate todos eles com tanto descaso, e se permita crimes hediondos contra os três primeiros. É para mudar isso que luta, dentro e fora da universidade. Co-criador e mantenedor do Portal Kaingang.

 
Pra saber maisPortal Kaingang
Juracilda Veiga
Co-fundadora e atual Coordenadora Geral da Kamuri

Indigenista desde janeiro de 1979. Doutora em Ciências Sociais/etnologia indígena. Antropóloga da Fundação Nacional do Índio, a partir de 2006. É professora alfabetizadora, trabalha com educação indígena desde 1983, trabalhando inclusive na formação de professores indígenas. Coordena atualmente o Projeto de revitalização linguística das línguas indígenas em São Paulo. Co-criadora e mantenedora  do Portal Kaingang.

Portal Kaingang
Fabiana Leite
Indigenista
Mestre em Linguística (2013). Possui graduação em Letras Português / Inglês e Respectivas Literaturas (2008). Atualmente é aluna do doutorado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. É membro (desde 2009) do grupo de pesquisa InDIOMAS. É colaboradora (desde outubro de 2014) do Projeto de Revitalização Linguística das Línguas Índígenas em São Paulo. Atua igualmente como tradutora e revisora de textos freelancer (português-inglês/inglês-português) e como professora de língua inglesa na Prefeitura Municipal de Campinas.
InDIOMAS
Maria Eugênia
Indigenista
Graduanda em Linguística pela UNICAMP, membro da Kamuri desde 2013. Integrou o grupo de pesquisa InDIOMAS, trabalhando com oficinas de revitalização linguística em uma aldeia Guarani Nhandewa e com o Projeto Web Indígena. Fez parte da elaboração da Gramática Pedagógica do Nhandewa-Guarani, e da revisão e tradução da narrativa sagrada Inypyrũ, na mesma aldeia
Mariana Gonzaga
Indigenista
Bacharela em Linguística e Licencianda em Letras pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), é parte do grupo de pesquisas InDIOMAS - Conhecimento de línguas indígenas e de línguas de sinais na relação Universidade & Sociedade. Atua desde 2016 na Kamuri, participando especialmente dos Projetos de Revitalização Linguística das Línguas Indígenas do Estado de São Paulo (Kaingang e Guarani Nhandewa).
Eduardo Alves
Indigenista
Linguista, dedicado aos estudos das línguas indígenas, acreditando que seja a minha melhor opção para dar visibilidade a esses povos e suas causas. Apoiador de causas indigenistas e sociais.
Gilberto Machel
Co-fundador
Indigenista, permacultor, agrofloresteiro e psicoterapeuta corporal. Pesquisa e busca resgatar, desenvolver e difundir de modo livre, formas mais autônomas de vida (na alimentação, saúde e gestão dos recursos naturais e ambientais). Deseja profundamente que pessoas ou grupos marginalizados de toda parte libertem-se ao máximo dos monopólios das corporações capitalistas e de toda forma de exploração e opressão
Minha rede social
Daniel Rocha
Advogado
Advogado sócio proprietário do escritório de advocacia D. Rocha & Silva Sociedade de Advogados. Bacharel em Direito desde 2009. Possui especialização em Direito Tributário (2012). Desde o início de sua carreira busca promover o direito de acesso à justiça das populações vulneráveis e de instituições que visam a reparação social.
Ivana Ivo
Indigenista
Graduada em Letras Inglês/Português e Respectivas Literaturas pela UESB (2011). Mestre em Linguística e doutoranda em Linguística pela UNICAMP (2014). Membro do grupo de pesquisa InDIOMAS e colaboradora do Projeto de Revitalização das Línguas Indígenas, com experiência em educação escolar indígena e formação de professores indígenas. É especializada na língua Guarani. Tradutora e revisora de textos (português-inglês/inglês- português). Atualmente é professora substituta na UNEB – campus VI. Na Graduação (Letras/Inglês), leciona (fonética, fonologia e morfossintaxe da língua inglesa) e Pós-Graduação, lato sensu, “Especialização em educação e diversidade étnico-racial” leciona: “Introdução ao Estudo das Histórias Indígenas Brasileiras e Aspectos das Culturas Indígenas Brasileiras”.
Beatriz Furlan Toledo
Indigenista

Mestra e Bacharela em Linguística pelo Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Participa do grupo de pesquisa InDIOMAS. Desde sua pesquisa de Iniciação Científica trabalha com as línguas da família Jê (tronco Macro-Jê). É responsável pela organização dos conteúdos das redes sociais da Kamuri e deseja que os conhecimentos acerca das línguas e culturas indígenas possam ter cada vez mais espaço e alcançar um público cada vez maior e diverso.

Minha rede de trabalho
Pedro Ternes
Indigenista
Bacharel e mestrando em Linguística e licenciando em Letras pela UNICAMP. No âmbito do Grupo de Pesquisa InDIOMAS e do projeto Projeto de Revitalização Linguística das Línguas Indígenas em São Paulo, desenvolveu o "Vocabulário Unificado Português-Krenak / Krenak-Português do Século XIX". Acredita que é dever de todos lutar junto às minorias sociais e ao meio ambiente.
Arthur Antunes
Indigenista

Graduando em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, membro do grupo de pesquisas InDIOMAS e da Kamuri desde 2018. Colaborador das oficinas de revitalização linguística Terena e do Encontro de Leitura e Escrita em Sociedades Indígenas de 2019. Apoiador das causas sociais e ambientais defendidas pela ONG.

Alana Rodrigues Teixeira
Indigenista
Possui graduação em Letras - Língua Portuguesa e respectivas Literaturas pela Universidade do Estado da Bahia (2018). Atualmente cursa o mestrado em Linguística pela UNICAMP, pesquisando sobre a história da formação do português do Brasil. É a atual Coordenadora de Voluntariado e Formação da Kamuri (2019-2022).
Maria Beatriz Rocha Ferreira
Indigenista
Doutora em Antropologia. Docente aposentada da Faculdade de Ed. Física da UNICAMP. Desenvolve projetos com o Núcleo em Inclusão, Movimento e Ensino à Distância, da Univ. Federal de Juiz de Fora. Desenvolve pesquisas na linha de Educação e Diversidade com enfoque em Antropologia, atuando principalmente em temáticas sobre educação, interculturalidade, práticas corporais, povos indígenas e processos civilizadores.
Cinthia Malta
Indigenista

Doutoranda em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2019). Mestra em Linguística pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2015). Pesquisa a contribuição das línguas indígenas na formação do português brasileiro. Membro do grupo de pesquisa INDIOMAS - Conhecimento de Línguas Indígenas e Línguas de Sinais na relação Universidade & Sociedade e da KAMURI.

Laís de Carvalho
Indigenista

Graduada em Tecnologia em Agronegócio pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo, Campus Mogi Das
Cruzes (FATEC/MC) em 2016. Mestranda na Universidade Federal de São Carlos, Campus Araras- São
Paulo, no curso de Agroecologia e Desenvolvimento Rural com a linha de pesquisa em Tecnologias e
Processos em Sistemas Agroecológicos, em 2019. Doutoranda na Université Laval, Campus Québec-
Canadá, no curso de Etnologia e Patrimônio, em 2020. Desenvolve pesquisas na linha Ambiental e
Cultural vinculadas às áreas de Fitotecnia, Sociologia rural, Antropologia Rural, Patrimônio Cultural com
ênfase em: Agroecologia, Sementes crioulas, Agricultura familiar, Indigenismo e Meio ambiente.