A deputada estadual Marina Helou abriu o Edital de Emendas Participativas para apoiar projetos que dialoguem e fortaleçam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Cada deputado tem direito a uma quantia de recursos do orçamento público para destinar a projetos da sua escolha. São as chamadas emendas parlamentares individuais. 

Diversas organizações e prefeituras puderam enviar projetos voltados para melhoria da vida da população e agora está aberta a votação para a escolha dos projetos que receberão o apoio financeiro para seu desenvolvimento.

A Kamuri está concorrendo neste edital e precisa do seu voto para que o Projeto Renascentes aconteça!

Sobre o Projeto Renascentes

A Terra Indígena (TI) Araribá, localizada no município de Avaí, é composta por quatro aldeias e possui em seu território um importante remanescente florestal e dois rios: o Batalha (que compõe a bacia hidrográfica Tietê-Batalha) e um de seus afluentes, o Araribá. A região sofre pressão de culturas do agronegócio, principalmente a citricultura e a produção de eucalipto. Devido ao desmatamento (inclusive nas áreas de mata ciliar) e ao uso indiscriminado de produtos químicos, já se notam os prejuízos: contaminação e diminuição da vazão da água, aumento da erosão e consequente assoreamento dos rios, perda de biodiversidade vegetal e prejuízos à fauna local. Sabemos que a união desses fatores pode ocasionar uma crise ambiental e hídrica na região e um dos caminhos para evitar a falta d’água e a perda irreversível da biodiversidade é recuperar as matas ciliares, tema central de nosso projeto “Renascentes”.
Este projeto se relaciona diretamente com os seguintes Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: 2) Fome Zero e Agricultura Sustentável, 6) Água Potável e Saneamento, 11) Cidades e Comunidades Sustentáveis, 12) Consumo e Produção Responsáveis, 14) Vida na Água e 15) Vida Terrestre.

Como votar?

A votação acontece de 18/07 até 25/07 pelo site da deputada Marina Helou.

Os projetos serão considerados qualificados para análise técnica se atingirem um mínimo de apoios de acordo com o número de habitantes. A Kamuri, como organização localizada na cidade de Campinas, precisa de 500 apoios (votos).

VOTE PELO LINK ABAIXO

#

5 Comentários

  1. Não concordo em lutar contra o desenvolvimento do país, e ter apoio de ONGs estrangeiras que não tem nenhum interesse que nossa nação se desenvolva, principalmente contra o agronegócio que é quem nos sustenta.

Deixe um comentário para Lucila Bonfim Dantas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.