Na última quarta-feira (01/09/2021) foi ao ar a entrevista com Ailton Krenak no canal TUTAMÉIA no YouTube. Na conversa, Krenak trata da questão do chamado “marco temporal”, dos interesses econômicos das grandes empresas de mineração e do agronegócio, das contradições entre os poderosos, da organização da luta indígena, das conquistas históricas e dos retrocessos em curso.

Sobre Ailton Krenak

Jornalista, escritor, poeta, ambientalista, Krenak é uma das principais lideranças indígenas do país. Autor, entre outros de “Ideias para Adiar o Fim do Mundo” e “O Amanhã Não está à Venda”, ele fala ao TUTAMÉIA em 1° de setembro de 2021, quando o STF retomava o debate para deliberação sobre a demarcação de terras indígenas.

Confira a entrevista na íntegra:

Sobre TUTAMÉIA

TUTAMÉIA é um serviço jornalístico criado e produzido por Eleonora de Lucena e Rodolfo Lucena.

A dupla gaúcha faz jornalismo há mais de quarenta anos: em 1976, atuaram juntos no “Jornal dos Bairros”, da Federação Riograndense de Associações Comunitárias e de Amigos de Bairro.

Militaram na imprensa sindical e de oposição à ditadura militar e trabalharam em veículos como “Zero Hora”, “Gazeta Mercantil” e “Folha de S. Paulo”.

Com TUTAMÉIA, buscam contribuir para o debate sobre a situação do Brasil e do mundo.

O nome do projeto é inspirado no livro de contos de João Guimarães Rosa. Significa “Nonada, ossos de borboleta, quiquiriqui, tuta-e-meia, mexinflório, nica, quase nada”. Ou não: é nesse livro que Rosa ensina: “Viver é obrigação sempre imediata”.

Para se inscrever no canal Tutaméia no YouTube, clique aqui.

Confira o site do TUTAMÉIA aqui.

#

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *