É com pesar que a Kamuri informa o falecimento de Carlos Terena, vítima da Covid-19. Enviamos nossa solidariedade à família e a todo o povo Terena. Prestamos nossas homenagens compartilhando o texto de Maria Beatriz Ferreira:

Você deixou um legado incrível – transformar o sonho em realidade. Você sempre falava do sonho que teve em idealizar os Jogos dos Povos Indígenas. E sonhar é fundamental para realizarmos os nossos projetos. E os seus sonhos foram realizados graças a sua dedicação, juntamente com seu irmão Marcos e tantos outros. Tinha tudo na ‘cabeça’ como dizia. E fazia acontecer. O seu jeito sério, poético, brincalhão nos motivava a procurar decifrar o significado dos sonhos, através dos jogos ancestrais dos povos indígenas.
Você foi capaz de trazer a força e a ludo-diversidade dos povos indígenas presentes nas comunidades para a cidade, como um profundo grito – Estamos aqui, existimos, estamos mostrando o que é de mais sagrado para a cidade, para o mundo ver, admirar e entender o ‘outro’. Apontou a direção, através do lema – o importante não é competir, mas sim celebrar. A celebração traz a profundeza do ser humano, no caso através dos jogos, da festa, da arte plumária, da pintura corporal, da alimentação, todos esses elementos inscritos nos rituais e no amor entre os parentes.
Obrigada querido Carlos pela sua vida, pela sua magnitude, pela sua presença e com certeza eu, colegas e alunos da Unicamp e outras universidades que puderam conviver com você somos gratos a sua sabedoria e amizade. Que o seu retorno para a aldeia da morada celestial seja de muita luz.

#

Nenhum comentário ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *